Últimos assuntos
» Por que relutamos em pregar o evangelho?
Qui Dez 14, 2017 11:34 am por ADM

» Restaurados no Amor - Viva a Palavra
Ter Dez 12, 2017 3:53 pm por ADM

» UMA VIDA DE ORAÇÃO
Ter Dez 12, 2017 5:47 am por ADM

» A sós com Deus - Viva a Palavra
Ter Dez 12, 2017 5:45 am por ADM

» EXISTE UMA GUERRA ESPIRITUAL PELA SUA ALMA
Ter Out 24, 2017 5:19 pm por ADM

» Oração para um coração Triste
Ter Out 24, 2017 4:57 pm por ADM

» Você foi chamado para excelência!
Ter Out 24, 2017 4:45 pm por ADM

» TRAGO BOAS NOVAS
Qui Ago 03, 2017 9:11 am por ADM

» DEUS TE DEU UM PRESENTE
Qui Ago 03, 2017 9:05 am por ADM

A1

TEMPO DE CONSOLAÇÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMPO DE CONSOLAÇÃO

Mensagem por ADM em Seg Ago 19, 2013 5:39 pm

Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai benignamente a Jerusalém e bradai-lhe que já a sua servidão é acabada, que a sua iniquidade está expiada e que já recebeu em dobro da mão do SENHOR, por todos os seus pecados.Isaías 40.1,2

A ordem do Senhor é que Seu povo seja consolado, o que, na linguagem bíblica, significa dar fim a todos os sofrimentos pelos quais passam os servos de Deus. Do lado do Pai, não há a menor razão para que os salvos vivam debaixo dos ataques do inimigo; do nosso lado, também não deveria haver. A verdade é que falta tão somente buscar na Palavra a verdade sobre qualquer assunto e, tendo-a encontrado, crer nela.
A mensagem deve ser entregue suavemente à Igreja. O Senhor não quer que os Seus filhos considerem que é necessário sacrifício para receberem o que é deles por direito. Ora, não vem do Altíssimo a orientação de que a bênção nos será dada se formos bonzinhos, se dermos alguma coisa, ou por algum motivo pessoal de Deus. Os salvos devem ser tratados com brandura, e, ao mesmo tempo, basta que creiam para que a obra seja feita.
Como existe muito ensinamento religioso e falso, faz-se necessário bradar – gritar em voz alta –, a fim de que todos entendam que a sua servidão acabou. Não é possível que os salvos continuem debaixo do poder do maligno. Ao receber Jesus, fomos tirados do império das trevas e transportados para o Reino de Jesus (Cl 1.13). Agora, devemos bradar isso para que o povo de Deus acorde e se assuma em Cristo.
A iniquidade nos separava do Altíssimo; porém, ela foi expiada. Isso deve sempre ser anunciado, pois não existe mais nada que possa ser feito a respeito dela, a não ser confessar e receber o perdão divino. Não há essa história de que o Senhor, talvez, não nos queira perdoar. Ele já Se deu por satisfeito há mais dois mil anos, quando Jesus Se tornou pecado em nosso favor. Por isso, creia e reivindique o seu lugar em Cristo. 
Por todo prejuízo que o pecado nos acarretou recebemos unção em dobro das mãos do Senhor. Antes do Calvário, não era possível que nos aproximássemos de Deus; contudo, agora, com a morte e a consequente ressurreição de Jesus, nada pode separar-nos do Altíssimo. No novo nascimento, fomos completamente refeitos em Cristo e, nEle, estamos para sempre.
A unção sobre nós é dupla. Ao nos vingar, o Senhor nos devolveu o dobro de poder que havia concedido a Adão. Agora, podemos expulsar demônios, temos a prerrogativa de determinar que se faça o que a Bíblia anuncia e exigir a saída de toda vida microscópica que provoca doença em nós. Com essa unção dobrada, devemos fazer o dobro do que originalmente podíamos.
avatar
ADM
Admin
Admin

Mensagens : 413
Data de inscrição : 24/02/2013

Ver perfil do usuário http://jesusasalvacao.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum